Breves
Câmara Municipal atribui nome de José Matias a rua em Fajã: A rua José Matias foi inaugurada no final do dia desta terça-feira, 17, em ambiente de Terrenos em Somadinha à venda a partir de Novembro: Os terrenos na zona de Somadinha, à saída da cidade da Ribeira Brava, vão estar Famílias carenciadas do concelho vão poder melhorar a sua dieta alimentar através do projecto Horta : As famílias carenciadas do município da Ribeira Brava, principalmente aquelas dirigida II Semana Municipal de Educação termina com abertura solene do ano lectivo 2015/16: A II Semana Municipal da Educação terminou na sexta-feira com o acto solene de abert Decorre a II Semana Municipal da Educação no concelho da Ribeira Brava: A II Semana Municipal da Educação está a decorrer no concelho da Ribeira Br Fogo-de-artifício e muitos aplausos recebem energia 24h em Juncalinho: A ligação de energia 24h em Juncalinho foi recebida, este sábado 19, com fogo Água a domicílio em Cachaço de cima já é uma realidade: Os moradores da zona de cachaço de cima já têm água em suas casas inves Autarquia avalia estragos deixados pelo Fred e começa a acudir os mais necessitados: Depois da passagem do furacão Fred no nosso arquipélago a equipa da Câmara Mun Zona de Terra Quebrada já tem água a domicílio: A Câmara Municipal da Ribeira Brava inaugurou, na terça-feira, 25, a aduç&atil Lançada a 1ª pedra do projecto de requalificação do jardim infantil Daniel Monteiro : A Câmara Municipal da Ribeira Brava lançou esta terça-feira, dia 11, a primeir

Autarquia avalia estragos deixados pelo Fred e começa a acudir os mais necessitados


Depois da passagem do furacão Fred no nosso arquipélago a equipa da Câmara Municipal da Ribeira Brava está no terreno a fazer o levantamento dos estragos deixados por esse fenómeno natural que causou muitos estragos a nível de infraestruturas em todas as zonas do concelho.


Numa primeira avaliação, os estragos estão em mais de 70 habitações e outras infraestruturas rondam os 10 mil contos. Uma avaliação que o presidente, Américo Nascimento diz ser muito realista.
“Com este procedimento já podemos começar a ajudar as famílias desalojadas que são também as mais desfavorecidas. No terreno já estão os nossos técnicos que vão começar, já hoje, os trabalhos de reabilitação das habitações”, disse o autarca.
Embora não seja uma competência directa da autarquia intervir no sector agrícola, o edil avança que os estragos a nível da agricultura são muitos superiores àqueles que se registam nas habitações.
Registam-se também estragos a nível da dessalinizadora de água na zona de Preguiça, mas a garantia é de que o ocorrido não será impedimento para a continuação na produção de água na central.
Agora a prioridade é, garante Américo Nascimento, dar toda a assistência possível às famílias mais desfavorecidas ao mesmo tempo que realça que todos aqueles que foram afectados pela passagem do furacão merecem a solidariedade da Câmara Municipal.
O presidente aproveita também para transmitir uma mensagem de positivismo aos munícipes dizendo que é hora de todos se erguerem e fazer face às consequências deixadas pelo Furacão Fred e que cada um deve assumir a sua responsabilidade na reconstrução das suas propriedades.
Por outro lado apela a todas as organizações governamentais, não-governamentais e pessoas, de uma forma individual, a acudir os mais necessitados.
“Não se trata de recursos financeiros, mas sim de uma ajuda com recursos materiais como areia, telha cimento, ferro e outros produtos que possam ajudar na reconstrução das moradias”, adiantou o presidente.
Relembrando uma situação vivida no município, aquando das chuvas de 2009 que deixaram um rasto de destruição no concelho, Américo Nascimento diz que as ocasiões não se comparam, mas que a experiencia vivida nesse passado recente ajudou com que a passagem do furação Fred fosse ultrapassada, por todos, sem alarmismos.